sábado, 22 de março de 2014

Dica de viagem

Não se esqueça de levar na mala de viagem um repelente, principalmente se você for a um lugar com muita vegetação.

Os mosquitos e pernilongos são bem pequenos, mas incomodam muito. Para espantá-los, existem opções de repelentes físicos, elétricos ou até mesmo caseiros.
Porém, é importante saber que os produtos industrializados são muito mais eficientes do que receitas caseiras, com cravos, álcool ou óleos, por exemplo, principalmente na prevenção das picadas de mosquitos que causam doenças, como o da dengue.
No caso dos produtos para a pele, eles funcionam do mesmo jeito que o protetor solar, ou seja, devem ser reaplicados para manter a proteção e ter um melhor resultado, como explicou o dermatologista Hélio Miot no Bem Estar desta terça-feira (2). De maneira geral, a dica é reaplicar o produto a cada 2 ou 3 horas.
Entre os fatores que mais atraem os mosquitos estão o cheiro e a cor da pele. Isso porque eles têm receptores em suas antenas que os direcionam para odores fortes e pontos de luz – ou seja, quem tem a pele mais clara costuma sofrer mais com as picadas. 
Postar um comentário